Prevenção à Trombose Venosa: Cuide da sua saúde!

Você sabia que no dia 16 de setembro comemoramos o dia Nacional de Prevenção à Trombose Venosa? Entenda o motivo deste ser um dia importante para divulgarmos mais sobre esta doença.

8

Prevenção à Trombose Venosa: Cuide da sua saúde!

Você sabia que no dia 16 de setembro comemoramos o dia Nacional de Prevenção à Trombose Venosa? Entenda o motivo deste ser um dia importante para divulgarmos mais sobre esta doença.

8 visualizações

A trombose é uma causa importante de morbidade e mortalidade no mundo todo, sendo responsável por até 100 mil mortes ao ano. A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, revela que a Trombose Venosa é responsável por 113 internações diárias no Brasil. 

O que é a trombose?   

É o desenvolvimento de um coágulo dentro de um vaso sanguíneo, causando obstrução parcial ou completa do mesmo. Em torno de 85 a 95% dos casos, ocorrem nos membros inferiores (pernas), nas veias profundas – chamamos este tipo de trombose de Trombose Venosa Profunda (TVP).   

As principais complicações da TVP são:  
  • Insuficiência Venosa Crônica – levando ao edema (inchaço) dos membros inferiores, dor, mudança de cor da pele na região (dermatite ocre) e ulcerações (feridas).  
  • Embolia Pulmonar – que é grave e muitas vezes letal. 

Geralmente a trombose aparece como uma complicação de algum evento de saúde, como: pós cirúrgicos, traumas, gestação, neoplasia e uma série de outras doenças que podem levar à trombose. 

Algumas pessoas, possuem maior risco de ter trombose como complicação, e estas são as situações que aumentam o risco de trombose: 

  • Obesidade;  
  • Histórico familiar (parentes de primeiro grau);  
  • Uso de catéteres;   
  • Tabagismo;  
  • Uso de hormônios, principalmente estrogênio (anticoncepcionais, terapia de reposição hormonal);  
  • Idade (envelhecimento);  
  • Varizes (membros inferiores);  
  • Pessoas acamadas;  
  • Imobilização.  

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu uma meta mundial para reduzir em até 25% o número de mortes prematuras por doenças não infecciosas até 2025, entre estas doenças está a trombose. No Brasil existe inclusive uma lei para reduzir esta doença, lei nº 12.629/2012.   

Algumas ações incentivam:  

  • Esclarecer à população sobre as causas da trombose e como preveni-la;
  • Implantar nos sistemas de saúde práticas rigorosas de prevenção à trombose;
  • Melhorar o número de casos diagnosticados;
  • Garantir tratamento;
  • Incentivar a pesquisa.  
Como é possível prevenir a trombose? 
  • Se você faz parte dos fatores de risco já comentados, procure um médico para te ajudar a sair do risco;
  • Se você trabalha muitas horas sentado, inicie o hábito de levantar e dar uma volta no escritório, ou em casa, evitando longos períodos sem se movimentar;
  • Viagens longas, de avião, carro, ônibus ou qualquer situação que tenha que ficar sentado por muito tempo, tente se levantar e dar uma caminhada para “esticar as pernas”, esta movimentação ajudará a evitar a trombose;
  • Tome bastante água nos períodos que vai se movimentar pouco;
  • Use meias de compressão elástica, principalmente se você faz parte da população com risco;
  • Nas viagens mais longas use roupas confortáveis, evitando as mais apertadas.  

Se você tiver dúvidas procure um médico cirurgião vascular, com certeza ele te ajudará a prevenir esta doença.  

Prevenção salva vidas!  

 

Fonte:  

https://sbacv.org.br/?s=preven%C3%A7%C3%A3o+trombose 

https://bvsms.saude.gov.br/16-9-dia-nacional-de-combate-e-prevencao-a-trombose/ 

https://bvsms.saude.gov.br/16-9-dia-nacional-de-combate-e-prevencao-a-trombose-3/ 

A trombose é uma causa importante de morbidade e mortalidade no mundo todo, sendo responsável por até 100 mil mortes ao ano. A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, revela que a Trombose Venosa é responsável por 113 internações diárias no Brasil. 

O que é a trombose?   

É o desenvolvimento de um coágulo dentro de um vaso sanguíneo, causando obstrução parcial ou completa do mesmo. Em torno de 85 a 95% dos casos, ocorrem nos membros inferiores (pernas), nas veias profundas – chamamos este tipo de trombose de Trombose Venosa Profunda (TVP).   

As principais complicações da TVP são:  
  • Insuficiência Venosa Crônica – levando ao edema (inchaço) dos membros inferiores, dor, mudança de cor da pele na região (dermatite ocre) e ulcerações (feridas).  
  • Embolia Pulmonar – que é grave e muitas vezes letal. 

Geralmente a trombose aparece como uma complicação de algum evento de saúde, como: pós cirúrgicos, traumas, gestação, neoplasia e uma série de outras doenças que podem levar à trombose. 

Algumas pessoas, possuem maior risco de ter trombose como complicação, e estas são as situações que aumentam o risco de trombose: 

  • Obesidade;  
  • Histórico familiar (parentes de primeiro grau);  
  • Uso de catéteres;   
  • Tabagismo;  
  • Uso de hormônios, principalmente estrogênio (anticoncepcionais, terapia de reposição hormonal);  
  • Idade (envelhecimento);  
  • Varizes (membros inferiores);  
  • Pessoas acamadas;  
  • Imobilização.  

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu uma meta mundial para reduzir em até 25% o número de mortes prematuras por doenças não infecciosas até 2025, entre estas doenças está a trombose. No Brasil existe inclusive uma lei para reduzir esta doença, lei nº 12.629/2012.   

Algumas ações incentivam:  

  • Esclarecer à população sobre as causas da trombose e como preveni-la;
  • Implantar nos sistemas de saúde práticas rigorosas de prevenção à trombose;
  • Melhorar o número de casos diagnosticados;
  • Garantir tratamento;
  • Incentivar a pesquisa.  
Como é possível prevenir a trombose? 
  • Se você faz parte dos fatores de risco já comentados, procure um médico para te ajudar a sair do risco;
  • Se você trabalha muitas horas sentado, inicie o hábito de levantar e dar uma volta no escritório, ou em casa, evitando longos períodos sem se movimentar;
  • Viagens longas, de avião, carro, ônibus ou qualquer situação que tenha que ficar sentado por muito tempo, tente se levantar e dar uma caminhada para “esticar as pernas”, esta movimentação ajudará a evitar a trombose;
  • Tome bastante água nos períodos que vai se movimentar pouco;
  • Use meias de compressão elástica, principalmente se você faz parte da população com risco;
  • Nas viagens mais longas use roupas confortáveis, evitando as mais apertadas.  

Se você tiver dúvidas procure um médico cirurgião vascular, com certeza ele te ajudará a prevenir esta doença.  

Prevenção salva vidas!  

 

Fonte:  

https://sbacv.org.br/?s=preven%C3%A7%C3%A3o+trombose 

https://bvsms.saude.gov.br/16-9-dia-nacional-de-combate-e-prevencao-a-trombose/ 

https://bvsms.saude.gov.br/16-9-dia-nacional-de-combate-e-prevencao-a-trombose-3/ 

Últimas Publicações

Veja Nossos Vídeos

O De Bem com a Vida é um portal dedicado a reunir e disseminar boas práticas para saúde, bem-estar e qualidade de vida. Por meio de cartilhas e conteúdo, a plataforma traz informações atualizadas sobre o setor – notícias, legislação, dicas e muito mais. Além de agregar os insights e novidades em alta, o portal é atualizado mensalmente com campanhas de saúde e conscientização. O objetivo é compartilhar conhecimento de forma clara e didática e contribuir para a educação da população.

Inscreva-se
e receba novos conteúdos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies