24/04 – Dia Mundial do Combate à Meningite

5

24/04 – Dia Mundial do Combate à Meningite

5 visualizações

Anualmente, no dia 24 de abril, Dia Mundial de Combate à Meningite, o mundo inteiro promove ações de conscientização sobre essa grave doença. Órgãos governamentais e da sociedade civil ligados à Saúde, alertam para a importância da prevenção, diagnóstico precoce, tratamento e da melhoria das medidas de suporte que estão diretamente ligados à doença.

Por sua característica de doença global, fácil transmissão e alta agressividade, as meningites são consideradas um grave problema de saúde pública. Cerca de 5 milhões de pessoas por ano no mundo são acometidas pela doença e a cada 10 pacientes um morre e outros dois ficam com sequelas.

Transmissão e Causas da Meningite

A meningite é uma inflamação aguda que acomete as meninges (membranas que protegem o encéfalo), a medula espinhal e outras partes do sistema nervoso central. Os agentes mais comuns que causam as meningites são Bactérias e Vírus.

As meningites virais habitualmente são mais leves e atingem mais frequentemente crianças. Já as meningites causadas por bactérias costumam ser de maior gravidade e precisam ser tratadas com maior celeridade, podendo levar ao óbito ou produzir graves sequelas.

A transmissão ocorre geralmente pelo doente ou portador da doença através da fala, tosse, espirro e beijos, passando da garganta de uma pessoa para outra.

Sintomas:

· Dor de cabeça com náuseas ou vômitos;

· Febre súbita;

· Forte dor de cabeça, principalmente no pescoço;

· Dificuldade de encostar o queixo no peito;

· Perda de apetite;

· Convulsões;

· Sonolência;

· Manchas vermelhas espalhadas pelo corpo;

· Confusão ou dificuldade de concentração.

Tratamento

Para os quadros de meningite viral, o tratamento se faz apenas com medicações sintomáticas, já que a cura normalmente é espontânea. Já para as bacterianas, são necessários antibióticos potentes para combater a grave infecção.

Prevenção

A vacinação é tida como a mais importante prática para prevenção da meningite. No calendário oficial de vacinação, temos na rede pública como principais vacinas:

· Meningite tipo C (vacina Meningo C);

· Meningite por pneumococo (vacina Pneumo 10);

· Meningite por Haemophilus influenzae (na vacina Pentavalente);

· Meningite tuberculosa (a vacina BCG);

· Meningite tipo A, C, W e Y (Vacina ACWY).

Lembramos que são consideradas boas práticas de prevenção: as condições de higiene adequadas, alimentação saudável, vacinação atualizada, manutenção de ambientes arejados e estar longe de aglomerações.

O DIAGNÓSTICO PRECOCE É FUNDAMENTAL NO TRATAMENTO E CURA DA MENINGITE!

Fontes:
  • Ministério da Saúde
  • Fiocruz
  • Bio-Manguinhos

Anualmente, no dia 24 de abril, Dia Mundial de Combate à Meningite, o mundo inteiro promove ações de conscientização sobre essa grave doença. Órgãos governamentais e da sociedade civil ligados à Saúde, alertam para a importância da prevenção, diagnóstico precoce, tratamento e da melhoria das medidas de suporte que estão diretamente ligados à doença.

Por sua característica de doença global, fácil transmissão e alta agressividade, as meningites são consideradas um grave problema de saúde pública. Cerca de 5 milhões de pessoas por ano no mundo são acometidas pela doença e a cada 10 pacientes um morre e outros dois ficam com sequelas.

Transmissão e Causas da Meningite

A meningite é uma inflamação aguda que acomete as meninges (membranas que protegem o encéfalo), a medula espinhal e outras partes do sistema nervoso central. Os agentes mais comuns que causam as meningites são Bactérias e Vírus.

As meningites virais habitualmente são mais leves e atingem mais frequentemente crianças. Já as meningites causadas por bactérias costumam ser de maior gravidade e precisam ser tratadas com maior celeridade, podendo levar ao óbito ou produzir graves sequelas.

A transmissão ocorre geralmente pelo doente ou portador da doença através da fala, tosse, espirro e beijos, passando da garganta de uma pessoa para outra.

Sintomas:

· Dor de cabeça com náuseas ou vômitos;

· Febre súbita;

· Forte dor de cabeça, principalmente no pescoço;

· Dificuldade de encostar o queixo no peito;

· Perda de apetite;

· Convulsões;

· Sonolência;

· Manchas vermelhas espalhadas pelo corpo;

· Confusão ou dificuldade de concentração.

Tratamento

Para os quadros de meningite viral, o tratamento se faz apenas com medicações sintomáticas, já que a cura normalmente é espontânea. Já para as bacterianas, são necessários antibióticos potentes para combater a grave infecção.

Prevenção

A vacinação é tida como a mais importante prática para prevenção da meningite. No calendário oficial de vacinação, temos na rede pública como principais vacinas:

· Meningite tipo C (vacina Meningo C);

· Meningite por pneumococo (vacina Pneumo 10);

· Meningite por Haemophilus influenzae (na vacina Pentavalente);

· Meningite tuberculosa (a vacina BCG);

· Meningite tipo A, C, W e Y (Vacina ACWY).

Lembramos que são consideradas boas práticas de prevenção: as condições de higiene adequadas, alimentação saudável, vacinação atualizada, manutenção de ambientes arejados e estar longe de aglomerações.

O DIAGNÓSTICO PRECOCE É FUNDAMENTAL NO TRATAMENTO E CURA DA MENINGITE!

Fontes:
  • Ministério da Saúde
  • Fiocruz
  • Bio-Manguinhos

Últimas Publicações

Veja Nossos Vídeos

O De Bem com a Vida é um portal dedicado a reunir e disseminar boas práticas para saúde, bem-estar e qualidade de vida. Por meio de cartilhas e conteúdo, a plataforma traz informações atualizadas sobre o setor – notícias, legislação, dicas e muito mais. Além de agregar os insights e novidades em alta, o portal é atualizado mensalmente com campanhas de saúde e conscientização. O objetivo é compartilhar conhecimento de forma clara e didática e contribuir para a educação da população.

Inscreva-se
e receba novos conteúdos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies