24/03 – Dia Mundial de Combate à Tuberculose 

20

24/03 – Dia Mundial de Combate à Tuberculose 

20 visualizações

A cada ano, em 24 de março, o Dia Mundial de Combate à Tuberculose (TB) é celebrado para aumentar a conscientização sobre as consequências devastadoras à saúde, sociais e econômicas desta doença e para intensificar os esforços com o objetivo de acabar com essa epidemia global. A data comemora o dia em que Robert Koch anunciou que havia descoberto a bactéria causadora da tuberculose, em 1882, o que abriu caminho para o diagnóstico e a cura dessa enfermidade. 

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa que afeta principalmente os pulmões, mas também pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). 

Cerca de 10 milhões de pessoas adoecem por tuberculose no mundo e mais de um milhão morrem, anualmente. No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose. 

Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média, 10 a 15 pessoas por ano. Alguns fatores contribuem para a disseminação da doença, tais como a pobreza e má distribuição de renda, a AIDS, a desnutrição, as más condições sanitárias e a alta densidade populacional. 

Sinais e sintomas mais frequentes 

  • Tosse seca ou com secreção por mais de três semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue; 
  • Cansaço excessivo e prostração; 
  • Febre baixa geralmente no período da tarde; 
  • Suor noturno; 
  • Falta de apetite; 
  • Emagrecimento acentuado; 
  • Rouquidão. 

Transmissão 

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa. O doente expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotículas de saliva que podem ser aspiradas por outro indivíduo. 

Prevenção e tratamento 

A vacina BCG é obrigatória para menores de um ano, pois protege as crianças contra as formas mais graves da doença. A melhor forma de prevenir a transmissão da doença é fazer o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento adequado o mais rápido possível. Com 15 dias após iniciado o tratamento, a pessoa já não transmite mais a doença. O tratamento deve ser feito por um período mínimo de 6 meses, diariamente e sem nenhuma interrupção. O tratamento só termina quando o médico confirmar a cura total do paciente. 

O TRATAMENTO É GRATUITO PELO SUS, PROCURE UMA UNIDADE DE SAÚDE! 

FONTE:

Ministério da Saúde. 

A cada ano, em 24 de março, o Dia Mundial de Combate à Tuberculose (TB) é celebrado para aumentar a conscientização sobre as consequências devastadoras à saúde, sociais e econômicas desta doença e para intensificar os esforços com o objetivo de acabar com essa epidemia global. A data comemora o dia em que Robert Koch anunciou que havia descoberto a bactéria causadora da tuberculose, em 1882, o que abriu caminho para o diagnóstico e a cura dessa enfermidade. 

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa que afeta principalmente os pulmões, mas também pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). 

Cerca de 10 milhões de pessoas adoecem por tuberculose no mundo e mais de um milhão morrem, anualmente. No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose. 

Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média, 10 a 15 pessoas por ano. Alguns fatores contribuem para a disseminação da doença, tais como a pobreza e má distribuição de renda, a AIDS, a desnutrição, as más condições sanitárias e a alta densidade populacional. 

Sinais e sintomas mais frequentes 

  • Tosse seca ou com secreção por mais de três semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue; 
  • Cansaço excessivo e prostração; 
  • Febre baixa geralmente no período da tarde; 
  • Suor noturno; 
  • Falta de apetite; 
  • Emagrecimento acentuado; 
  • Rouquidão. 

Transmissão 

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa. O doente expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotículas de saliva que podem ser aspiradas por outro indivíduo. 

Prevenção e tratamento 

A vacina BCG é obrigatória para menores de um ano, pois protege as crianças contra as formas mais graves da doença. A melhor forma de prevenir a transmissão da doença é fazer o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento adequado o mais rápido possível. Com 15 dias após iniciado o tratamento, a pessoa já não transmite mais a doença. O tratamento deve ser feito por um período mínimo de 6 meses, diariamente e sem nenhuma interrupção. O tratamento só termina quando o médico confirmar a cura total do paciente. 

O TRATAMENTO É GRATUITO PELO SUS, PROCURE UMA UNIDADE DE SAÚDE! 

FONTE:

Ministério da Saúde. 

Últimas Publicações

Veja Nossos Vídeos

O De Bem com a Vida é um portal dedicado a reunir e disseminar boas práticas para saúde, bem-estar e qualidade de vida. Por meio de cartilhas e conteúdo, a plataforma traz informações atualizadas sobre o setor – notícias, legislação, dicas e muito mais. Além de agregar os insights e novidades em alta, o portal é atualizado mensalmente com campanhas de saúde e conscientização. O objetivo é compartilhar conhecimento de forma clara e didática e contribuir para a educação da população.

Inscreva-se
e receba novos conteúdos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies