Os Cuidados da Saúde no Verão 

34

Os Cuidados da Saúde no Verão 

34 visualizações

O clima tropical abrange grande parte do território brasileiro, proporcionando a frequência de temperaturas elevadas, principalmente nas estações mais quentes do ano.  

Recentemente temos convivido com ondas de calor extremo, com temperaturas recordes em grande parte dos estados.  

Estudos evidenciam a forte tendência de elevação da temperatura média global e eventos climáticos catastróficos, trazendo um ponto de atenção especial.  

Elaboramos algumas dicas de como se proteger dos efeitos indesejados dessa onda de calor escaldante.  

Os principais cuidados no verão são: 

HIDRATAÇÃO

Com o aumento da temperatura, nosso corpo tende a transpirar em maior volume para produzir mais suor e resfriar o corpo. Também por esse motivo a ingestão de líquidos, principalmente água, deve ser aumentada.  

Recomenda-se a ingestão mínima de aproximadamente 2,5 a 3,0 litros por dia – ou 30 a 35 ml / kg / dia.  

Obs1: A ingestão de bebidas alcóolicas não pode ser considerada nesse cálculo.   

Obs2: Durante a prática de atividade física a ingestão líquida precisa ocorrer em maior quantidade.  

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO

Alimentos saudáveis são sempre bem-vindos e no verão o cuidado aumenta. É indicado refeições mais leves, frescas, balanceadas com saladas coloridas, proteínas leves e muitos vegetais e frutas da época, que sempre auxiliam na manutenção da hidratação. 

USO DE ROUPAS E ACESSÓRIOS:  

Aqui, da mesma forma, as roupas devem ser leves (em especial as de algodão), cobrindo grande parte das áreas expostas. Utilização de chapéus e bonés, sombrinhas e óculos escuros se tornam muito importantes, evitando as vermelhidões e queimaduras.  

FILTRO SOLAR: 

Os raios ultravioletas afetam a pele em vários aspectos. Conhecemos alguns benéficos, como é o caso da síntese de vitamina D, mas também temos efeitos prejudiciais graves relacionados ao excesso de exposição solar como, o Câncer de Pele.  

O uso de protetor solar deve ser feito diariamente por todas as pessoas, independentemente de sexo, idade ou cor da pele. A aplicação do protetor solar deve ser repetida algumas vezes durante o dia.  

ATIVIDADE FÍSICA:  

A atividade física regular e orientada por um profissional de educação física é sempre uma ótima iniciativa.  

Em função das elevadas temperaturas do verão devemos preferencialmente realizar atividade física em locais arejados e ventilados, evitando os horários do dia de maior calor.  

Perdemos muito líquido e sais minerais durante o exercício de maior intensidade, havendo a obrigatoriedade de reposição de água e eletrólitos. Boas opções de hidratação para reposição de eletrólitos: água de coco, bebidas isotônicas, dentre outras.  

CRIANÇAS E IDOSOS

Todos nós estamos sujeitos as consequências da exposição ao sol e calor. No caso das crianças e idosos, devemos salientar que o cuidado deve ser redobrado.  

Fatores importantes que justificam o cuidado são:  a falta de percepção da sede e o “esquecimento” de ingerir água. Crianças e idosos se desidratam com maior facilidade e podem apresentar consequências mais graves relacionadas as altas temperaturas.  

Fique atento as doenças frequentes  

  • Desidratação – perda excessiva de água / falta de ingesta adequada 
  • Insolação – exposição exagerada ao sol e calor 
  • Intoxicação Alimentar – ingestão de alimentos com conservação prejudicada pelo calor 
  • Micoses de pele – pelo excesso de transpiração e infecções oportunistas 

Fontes 

Ministério da Saúde 

Conselho Federal de Medicina 

O clima tropical abrange grande parte do território brasileiro, proporcionando a frequência de temperaturas elevadas, principalmente nas estações mais quentes do ano.  

Recentemente temos convivido com ondas de calor extremo, com temperaturas recordes em grande parte dos estados.  

Estudos evidenciam a forte tendência de elevação da temperatura média global e eventos climáticos catastróficos, trazendo um ponto de atenção especial.  

Elaboramos algumas dicas de como se proteger dos efeitos indesejados dessa onda de calor escaldante.  

Os principais cuidados no verão são: 

HIDRATAÇÃO

Com o aumento da temperatura, nosso corpo tende a transpirar em maior volume para produzir mais suor e resfriar o corpo. Também por esse motivo a ingestão de líquidos, principalmente água, deve ser aumentada.  

Recomenda-se a ingestão mínima de aproximadamente 2,5 a 3,0 litros por dia – ou 30 a 35 ml / kg / dia.  

Obs1: A ingestão de bebidas alcóolicas não pode ser considerada nesse cálculo.   

Obs2: Durante a prática de atividade física a ingestão líquida precisa ocorrer em maior quantidade.  

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO

Alimentos saudáveis são sempre bem-vindos e no verão o cuidado aumenta. É indicado refeições mais leves, frescas, balanceadas com saladas coloridas, proteínas leves e muitos vegetais e frutas da época, que sempre auxiliam na manutenção da hidratação. 

USO DE ROUPAS E ACESSÓRIOS:  

Aqui, da mesma forma, as roupas devem ser leves (em especial as de algodão), cobrindo grande parte das áreas expostas. Utilização de chapéus e bonés, sombrinhas e óculos escuros se tornam muito importantes, evitando as vermelhidões e queimaduras.  

FILTRO SOLAR: 

Os raios ultravioletas afetam a pele em vários aspectos. Conhecemos alguns benéficos, como é o caso da síntese de vitamina D, mas também temos efeitos prejudiciais graves relacionados ao excesso de exposição solar como, o Câncer de Pele.  

O uso de protetor solar deve ser feito diariamente por todas as pessoas, independentemente de sexo, idade ou cor da pele. A aplicação do protetor solar deve ser repetida algumas vezes durante o dia.  

ATIVIDADE FÍSICA:  

A atividade física regular e orientada por um profissional de educação física é sempre uma ótima iniciativa.  

Em função das elevadas temperaturas do verão devemos preferencialmente realizar atividade física em locais arejados e ventilados, evitando os horários do dia de maior calor.  

Perdemos muito líquido e sais minerais durante o exercício de maior intensidade, havendo a obrigatoriedade de reposição de água e eletrólitos. Boas opções de hidratação para reposição de eletrólitos: água de coco, bebidas isotônicas, dentre outras.  

CRIANÇAS E IDOSOS

Todos nós estamos sujeitos as consequências da exposição ao sol e calor. No caso das crianças e idosos, devemos salientar que o cuidado deve ser redobrado.  

Fatores importantes que justificam o cuidado são:  a falta de percepção da sede e o “esquecimento” de ingerir água. Crianças e idosos se desidratam com maior facilidade e podem apresentar consequências mais graves relacionadas as altas temperaturas.  

Fique atento as doenças frequentes  

  • Desidratação – perda excessiva de água / falta de ingesta adequada 
  • Insolação – exposição exagerada ao sol e calor 
  • Intoxicação Alimentar – ingestão de alimentos com conservação prejudicada pelo calor 
  • Micoses de pele – pelo excesso de transpiração e infecções oportunistas 

Fontes 

Ministério da Saúde 

Conselho Federal de Medicina 

Últimas Publicações

Veja Nossos Vídeos

O De Bem com a Vida é um portal dedicado a reunir e disseminar boas práticas para saúde, bem-estar e qualidade de vida. Por meio de cartilhas e conteúdo, a plataforma traz informações atualizadas sobre o setor – notícias, legislação, dicas e muito mais. Além de agregar os insights e novidades em alta, o portal é atualizado mensalmente com campanhas de saúde e conscientização. O objetivo é compartilhar conhecimento de forma clara e didática e contribuir para a educação da população.

Inscreva-se
e receba novos conteúdos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies